Copa das Casas

000
000
000
000
Parceiros
xOlá Convidado, estamos com uma ótima promoção para você!
Trazendo 5 amigos para o fórum, você ganhará gratuitamente um apartamento.
Trazendo 8 amigos você ganhará uma habilidade a sua escolha.
Não perca essa oportunidade, traga já seus amigos!
Mande-os enviar uma MP para The Deathly Hallows dizendo que foi você quem o chamou e pronto, assim que atingir o número certo o prêmio será seu.

Promoção válida até: 10/12/2014

Recepção e Sala de Espera

Ir em baixo

Recepção e Sala de Espera

Mensagem por The Marauder's Map em Qua Set 10, 2014 1:35 pm


Recepção
The World Wizard RPG


Após atravessar a porta de vidro da ‘Purge & Dowse Ltda’ tem-se a visão de um modesto saguão de recepção no térreo. É um espaço onde prevalecem as cores claras e é bem arejado, o piso é revestido em tacos de madeira claros e já gastos pela grande movimentação do lugar. Na parede a esquerda do ambiente vêem-se três quadros dos mais dedicados medibruxos, curandeiros & poçologistas que prestam serviços no hospital, algo semelhante ao “funcionário do mês”, mas que só é atualizado anualmente visto que todos os funcionários do Mungus ocupam seus cargos por longa data. Alguns canteiros de flores brancas, geralmente copos-de-leite, ficam dispostos próximos a paredes e entre eles bancos de madeira convidam os acompanhantes dos pacientes a uma espera mais confortável. Algumas das recepcionistas vestidas em uniformes de cor verde clara com o emblema do Mungus transitam apressadas pelo lugar carregando pranchetas e estão sempre dispostas a ajudar, enquanto a direita apenas uma, a recepcionista chefe, encontra-se atrás de uma mesa repleta de pergaminhos, nesses pergaminhos estão os registros dos pacientes com as informações sobre a localização exata desses dentro do Mungus. Atrás dessa mesa fica um enorme quadro de Mungo Bonham, o fundador do hospital, Mungo quando necessário vai de um andar ao outro em cada uma de suas molduras transmitir informações de cunho urgente. Ao lado do quadro de Mungo fica um cartaz que explica exatamente onde o bruxo deve ir de acordo com o seu problema, e no fim do cartaz a lê-se a frase “Se você não tem certeza de onde ir, possui incapacidade de conversar normalmente ou não consegue se lembrar porque está aqui, nossa recepção vai ter o prazer de ajudá-lo”. No lugar, por vezes do alto-falante, que sempre toca uma música ambiente repetitiva e irritante, pode-se ouvir em volume ponderado os chamados da administração e demais informações internas. Ao fundo do saguão vêem-se os quatro elevadores de vidro, na lateral direita desses há uma escada para o primeiro andar e na lateral esquerda uma rampa. Ao passar por elas chega-se na ala de acidentes com artefatos.

avatar
The Marauder's Map
Admin
Admin

Mensagens : 174
Data de inscrição : 08/09/2014

Ver perfil do usuário http://theworldwizard-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recepção e Sala de Espera

Mensagem por Sebastian Walker Dibord em Ter Nov 25, 2014 12:14 am



A rotina do hospital corria normal à medida do possível, apesar dos poucos funcionários que ali trabalhavam. Devido a este motivo os poucos medibruxos que restavam no local, tiveram de aumentar sua carga horária, ficando sobre carregados a fim de ajudar no andamento do St.' Mungus. Dada à situação tive de abandonar a área administrativa da instituição, e começar a exercer minha função de medibruxo no local, deixando o cargo de diretor um pouco de lado. Estava em uma ronda pela ala de internação; quando sou chamado na recepção, sendo um dos poucos que não estava abarrotado de pacientes, corro até lá, as solas dos sapatos criavam um barulho incômodo, mas que anuncia minha chegada ao Hall de Entrada. Um homem está ali, amparado pela recepcionista. Uma adaga está cravada em seu peito e o sangue verte, manchando a camisa do mesmo. Acelero o passo e ajoelho ao lado do homem, puxo a varinha do bolso do jaleco e a aponto para sua testa – Anestecsi! – Aquilo iria anestesiar o corpo, ele nem sentiria quando retirasse a adaga. Seguro o punho da arma, apoiando a outra mão no ombro do indivíduo, conto mentalmente até três e a puxo devagar, estava muito próxima ao coração, qualquer movimento brusco poderia piorar a situação, na verdade, mais alguns poucos centímetros e teria atingido o coração em cheio. O sangue verte mais rapidamente, empapando a camisa de vez. Rasgo-a e aponto a varinha para o peito manchado em rubro – Aguamenti!  – O jato de água limpa o local em volta do corte, possibilitando minha visão do mesmo, o sangue não pararia de escorrer por si só, por isso uso o Estanque Sangria para estancar o mesmo e faço um curativo rápido para não voltar a sangrar, teria de fazer alguns exames. Chamo um enfermeiro e peço-lhe uma maca, e logo alocamos o homem na mesma, o enfermeiro o encaminha para a sala de exames e digo-lhe para preparar uma poção revigorante. Eles se vão, em quanto suspiro, aliviado. Seguindo-os em seguida, no local não faço muita coisa, peço alguns exames e informo ao enfermeiro o tratamento que era bem simples por sinal, desde medica-lo até limpar e trocar os curativos. Momentos depois tomo a ficha do paciente em mãos, assino o diagnóstico e o dia da liberação e entrego a o enfermeiro para que o mesmo leve até a recepção. Deixo o local após isso.

@ Maay
avatar
Sebastian Walker Dibord
St. Mungus
St. Mungus

Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum